Nossa História

         É inquestionável o fato de que a Igreja, enquanto instituição religiosa e civil, tem como um de seus compromissos a preocupação de preparar o indivíduo como cidadão emancipado e consciente de sua responsabilidade ética diante da sociedade. Uma das vocações da Igreja para cumprir com este compromisso inadiável é sua ação educadora. Neste sentido, a Igreja Evangélica Assembléia de Deus em Joinville tem uma função educadora singular e desempenha este papel preponderante através do Colégio Evangélico Pastor Manoel Germano de Miranda e do Avançado Teológico Refidim.

         No ano de 1981, o pastor Satyro Loureiro (in memorian), presidente da AD em Joinville, e o presbítero Adelor Francisco Vieira, superintendente da SASEDEP (Sociedade de Assistência Social e Educacional “Deus Proverá”) fundaram o Colégio Evangélico Pastor Manoel Germano de Miranda, sendo este nome uma referência ao primeiro Pastor da AD em Joinville. Esta instituição nasceu a partir da compreensão de que o ensino é o meio pelo qual a Igreja poderia responder com seu compromisso de formação de cidadãos éticos e emancipados. Primeiramente com Jardim de Infância, então denominado “Cantinho da Paz”.

         Em 1987 foi implantado gradativamente no Colégio Evangélico as Séries Iniciais (1ª. a 4ª. Série) do Ensino Fundamental. Inicialmente funcionando nas dependências das classes de Escola Dominical da Igreja Assembléia de Deus, no bairro Nova Brasília e tendo como diretor o presbítero Adelor Francisco Vieira, substituído posteriormente pela professora Rosvita Vieira. A procura por matrículas revelava o desejo comum dos pais em oferecer uma educação pautada em valores e princípios cristãos, para a formação do caráter de seus filhos.

        O diácono Joel Montanha foi convidado para coordenar a criação do Departamento de Missão em Joinville. Em 1990 o pastor José João Vieira assume a presidência da AD em Joinville e dá prosseguimento as atividades do Departamento de Missão que ainda continuou sob a coordenação do diácono Joel Montanha. Nesta época, os missionários solicitaram um curso Básico em Teologia que pudesse ser realizado à distância. A criação desse curso passou a ser um projeto da Secretaria de Missões Siloé. A partir daí surgiu a EMICS – Escola Missionária por Correspondência Siloé.

         No ínterim da criação da EMICS, o Colégio Evangélico também passava por mudanças: o mesmo foi transferido para prédio próprio; implantação de 5ª a 8ª Série, completando assim o Ensino Fundamental, atendendo as expectativas de pais e comunidade.

         Com o crescimento da EMICS veio o reconhecimento, em 15 de maio de 1996, e o registro no Conselho de Educação e Cultura (CEC) da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil. Em 1997 o curso Básico em Teologia foi estendido a outros obreiros além dos missionários, passando de EMICS (Escola Missionária por Correspondência Siloé) para EPOS (Escola Preparatória para Obreiros Siloé). A EPOS passou a funcionar como um departamento da Secretaria de Missões da AD de Joinville, oferecendo curso Básico em Teologia por correspondência em núcleos distribuídos em Santa Catarina.

         Em 1999 foi criada a Faculdade Teológica Refidim sob a direção executiva do agora Pastor Joel Montanha. A criação do Avançado Teológico Refidim surge a partir da fusão da EPOS (Escola Preparatória de Obreiros Siloé) e do IBADEJ (Instituto Bíblico das Assembléias Deus em Joinville) anteriormente denominado Instituto Bíblico Beréia. Enquanto a EPOS funcionava com o curso Básico em Teologia à distância, o IBADEJ era um instituto de ensino teológico regular e presencial. Neste instituto os alunos contavam com os cursos Básico e Médio em Teologia, com duração de 1 (um) ano para o curso Básico e mais 2 (dois) anos para o curso Médio. A fusão das escolas teve o reconhecimento pelo CEC – Conselho de Educação e Cultura da Convenção Geral das Assembléias de Deus no Brasil, sob o número RGe/CECRE-0023/89, no dia 13 de janeiro de 1999. O Avançado Teológico Refidim foi então reconhecido pela Convenção das Igrejas Evangélicas Assembléia de Deus em Santa Catarina e Sudoeste do Paraná, através da Ata nº 789, 7ª sessão, da 51ª Convenção Ordinária, no dia 06 de janeiro de 1999. Neste contexto, a direção geral do Colégio Evangélico passa a ser responsabilidade da professora Ivone de Souza.

         No ano de 2000 o Pr. Valmor Leonel Batista assume a direção da AD em Joinville. Em 2001, o pastor Valmor Leonel Batista sugere a mudança do Avançado Teológico Refidim para instalações maiores. A mudança ocorre no mesmo ano e a partir disso o Avançado Teológico Refidim deixa o prédio anexo à igreja e passa a funcionar em prédio cedido pela SASEDEP (Sociedade Assistencial e Educacional Deus Proverá), mantenedora do Colégio Evangélico. No ano de 2002 são criados os cursos: Médio em Teologia (que a semelhança do curso Básico é à distância através de núcleos e grupos de estudo) e o Avançado em Teologia Modular, destinado aos pastores e dirigentes de igreja, com turmas em Joinville.Em 2004 a professora Ivone de Souza deixa à direção do Colégio Evangélico, passando a direção à professora Edna Márcia de Medeiros Felício. Nesta transição administrativa surgem propostas de fusão do Colégio Evangélico com a Faculdade Teológica.

         No ano seguinte, 2005, o Avançado Teológico tem mudanças em sua administração; o pastor Joel Montanha deixa a direção administrativa e assume a direção de Cursos de Extensão, um novo departamento do Avançado Teológico Refidim. A direção administrativa do Avançado Teológico Refidim fica então sob a responsabilidade do Pr. Claiton Ivan Pommerening, que também já atuava como diretor administrativo da SASEDEP, instituição mantenedora do Colégio Evangélico e do Avançado Teológico.

         Sob a direção do Pr. Claiton Ivan Pommerening iniciam-se os diálogos de fusão do Avançado Teológico Refidim com o Colégio Evangélico Pr. Manoel Germano de Miranda, na intenção de ser criado um centro evangélico de educação e cultura que contemple da educação infantil ao ensino superior. Para isto, tem início a ampliação das instalações do prédio do Colégio Evangélico Pastor Manoel Germano de Miranda.

         Em 2006, após ampliação das instalações do Colégio Evangélico, o Avançado Teológico Refidim e o Colégio Evangélico Pastor Manoel Germano de Miranda, unindo seus objetivos, integram-se em um mesmo prédio. Da fusão das duas instituições nasce o CENTRO EVANGÉLICO DE EDUCAÇÃO E CULTURA - CEEDUC, contemplando da educação infantil ao ensino superior, tendo como mantenedora a SASEDEP – Sociedade de Assistência Social e Educacional Deus Proverá, sendo aprovado o estatuto da fusão em 23/11/2007. A administração geral desta nova instituição fica sob a responsabilidade do Pr. Claiton Ivan Pommerening, tendo como auxiliares: a professora Edna Márcia de Medeiros Felício, na coordenação pedagógica da Educação Infantil e Ensino fundamental; o professor Reginaldo Leandro Plácido na coordenação pedagógica do Ensino Superior; a professora Izabel Cristina Veiga na Coordenação de Pesquisa e o professor Olívio Maurino Mafra na coordenação de EAD.

         Prossegue assim a Igreja Assembléia de Deus em Joinville, cumprindo seu papel de preparar o indivíduo para a cidadania plena, praticando a missão de ensinar de acordo com o exemplo do Mestre dos mestres.

 

Todos os direitos reservados
CEEDUC | Associaçao Centro Evangélico de Educação, Cultura e Assistencia Social.
Rua Cerro Azul, 888 - Bairro Nova Brasília, Joinville/SC - CEP: 89213-480
(47) 3466 - 0058 - e - mail: ceeduc@ceeduc.edu.br